Praça a praça

Decorre em Bucareste o campeonato da europa de sub 20 e Portugal está a dar cartas, conseguiu pela segunda vez o apuramento para a final. Este feito dos jovens Lobos permite-lhes, se vencerem a Espanha, disputar em Agosto próximo o World Rugby Trophy (Mundial B do escalão, em que só o vencedor terá acesso a participar no Mundial). O jogo da meia final contra a equipa da casa (Roménia) foi um grande espetáculo não só do ponto de vista competitivo como da qualidade de jogo apresentada pelas duas equipas. Portugal esteve melhor, sempre por cima, mas nos minutos finais estes jovens heroicos surpreenderam defendendo a linha de ensaio com placagens consecutivas deixando os Romenos a centímetros da vitória. A pressão Romena nos últimos 10 minutos deixou todos os que assistiam sem respiração, tal era a sua proximidade da linha de ensaio! O herói do jogo foi Nuno Mascarenhas, com o apoio de João Vital, ao evitarem a entrada do gigante segunda linha com uma placagem baixa que o obrigou literalmente a cuspir a bola. Assisti também ao melhor ensaio individual, de uma seleção portuguesa com esta dimensão, Manuel Cardoso Pinto da Agronomia com apenas 18 anos correu 100 metros com a bola executando um “praça a praça”, cilindrando toda a equipa Romena em velocidade e com trocas de pés sucessivas. O que conseguiu é de loucos, saiu da sua área de ensaio sozinho (contra os princípios de um padrão convencional) e não hesitou um segundo arriscando tudo, como já é habitual ver no campeonato nacional. A capacidade individual e coletiva deste grupo já vem detrás, há dois anos em sub 18 foram os primeiros portugueses a vencer uma equipa das seis nações – Escócia, depois de um empate a zero tiveram o discernimento e a força mental para se superarem nas penalidades. A junção desta geração com o atual grupo ainda jovem de jogadores da seleção principal poderá a curto prazo dar novas alegrias ao desporto nacional disputando uma presença num dos próximos mundiais, estão habituados a trabalhar, têm cultura desportiva e são bem construídos do ponto vista emocional, técnico e tático. De assinalar o espírito de sacrifício que têm apresentado em todas as suas atuações. A expectativa está novamente a avolumar-se, este é um grupo com capacidade de arriscar e sonhar com um grande feito...

Data: 01.04.17
Partilhar »